segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

FELIZ (INS)ANO NOVO!

Mundo cruel, mundo insano
Lá foi mais um ano
mais um engano
Levou minha fome, minha sede, meu sono
Agora não quero ir cedo pra rua
Aqui da janela também vejo a lua
Mas eu que me amo,
Por mais outro ano vou ser minha metade e mais uma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário