sexta-feira, 13 de julho de 2012

MAIS DO MESMO

Mais do que rosto
mais do que resto
mais do que gosto
mais do que gesto
reconheço e recomeço
reinvento e interpreto
fios de cabelo
porta-retratos
vida vivida sem protesto
noites dormidas sem carinhos
dias doídos sem regresso
e assim me despeço
sorrindo confesso
apesar das agruras
um novo amor é tudo que peço...

Nenhum comentário:

Postar um comentário