domingo, 12 de agosto de 2012

O SIM E O NÃO (II)

- Deixaste meus sonhos sobre um castelo de cartas e trouxeste a calmaria. Mas vejo a tempestade se formar no horizonte. Não passaram quatro luas desde que partiste, deixando-me à sorte de todas as brisas. Quanto tempo mais terei de esperar até que percebas que teu castelo de cartas não me lançará ao chão? Enquanto te afastavas, aprendi a voar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário